Trabalhando por acomodação numa cidadezinha irlandesa: Cashel

Cashel 5

Passei 1 mês trabalhando em um hostel / Bed&Breakfast em Cashel na Irlanda em troca da acomodação. Uma cidade relativamente pequena, cerca de 3 mil habitantes e rodeada de fazendas e com um castelo no meio, basicamente é assim. rsrs.

Cashel tem uma rua principal onde os ônibus que vem e vão de Dublin fazem sua parada final, tem uma igreja, a padaria, a maioria dos pubs e o centro de informação turística. Não é das cidades mais famosas na Irlanda, grande parte de seu público sao de pessoas que estão viajando para Dublin ou Cork e acabam parando em Cashel para descansar e curtir essa adorável parte do interior da Irlanda.

 2015-08-14 15.48.32

Por que decidi ir para lá? Porque queria mudar, queria viver experiências diferentes, queria uma rotina mais tranquila, ir ao supermercado com um castelo de fundo, por exemplo rsrs. Trabalhava de 2 a 3 horas por dia e nos meus horários de folga aproveitava para ir conhecer os arredores, visitei ruinas, passei por fazendas enormes bem típicas, paisagens deslumbrantes, lagos, o famoso castelo, e também aproveitei para não fazer nada no frio, ficar embaixo das cobertas também pode ser muito prazeroso enquanto se mochila!

Os lugares que eu mais frequentei foram a padaria na rua principal (cada delícia que eles têm!) e o Penny Lane, um pub também na rua principal que tem música ao vivo dependendo do dia da semana, vale a visita em ambos.

2015-08-14 15.49.25

Viajava para as cidades vizinhas nas minhas folgas, conheci Cork, Kinsale, Kilkenny e Dublin, a maioria pedindo carona na estrada, mas isso eu conto num próximo post.

Bem, se for pra Irlanda e quiser fugir um pouco da confusão de cidade grande e turistas por todos os lados, Cashel fica a 2 horas de Dublin de ônibus e a passagem custa em torno de 17 euros, as paisagens para o interior do país são lindíssimas, vale muito a pena!

 

0 comentários sobre “Trabalhando por acomodação numa cidadezinha irlandesa: Cashel

  1. Pingback: Quem disse que é impossível viajar pelo mundo sem gastar dinheiro? – BruMundando

  2. Pingback: 5 regras na hora de pedir carona na estrada – BruMundando