Como viajar mais sendo pobre?

Como consegui viajar barato pelo mundo sem precisar gastar uma fortuna? O comentário: “nossa, mas você vai viajar de novo” já faz parte da minha rotina. Quem me conhece sabe bem que não ganhei na Mega Sena (ainda) e que não tenho nenhuma ajuda financeira da minha família, o que tenho BASTANTE é foco e determinação.

Muita gente me pergunta como faço para viajar tanto sendo pobre. Para aqueles que acham que sou rica, realmente, minha casa fica numa região bem famosa de São Paulo, a zona leste! Só ligar a TV no Cidade Alerta ou no Datena que a ZL estará lá! Rsrs

Brincadeiras à parte, quero mostrar que para MUNDAR é preciso muito mais foco e vontade do que dinheiro. Mas antes de saber como viajar mais sendo pobre é bom você se perguntar: será que tenho coragem, estômago e paciência para viajar barato?

Vou te contar nesse post os meus segredinhos! Vamos lá!

Viajar mais trabalhando por acomodação e comida!

Minha viagem pelo mundo foi baseada 90% no workexchange. Não conhece ainda essa forma de viajar barato pelo mundo? Dá uma olhadinha aqui então!

O primeiro grande gasto que temos com uma viagem são as passagens aéreas, o segundo é a acomodação! Trabalhar por acomodação e até mesmo comida, é uma ótima maneira de se viajar barato para poder viajar mais. Eu fiz isso por 1 ano e meio e continuarei fazendo! Hoje em dia só não viaja quem não quer mesmo…

Viajar mais de carona!

Sim! Eu peço carona na estrada. Peço porque é legal, porque sempre conhecemos pessoas bacanas, porque eu acredito na gentileza das pessoas e principalmente porque é de GRAÇA!

Viajar barato para viajar mais

Pedindo carona na Austrália!

Agora você deve se perguntar, será que você tem a cara de pau, disposição e paciência de ficar na estrada (sozinho e no frio talvez) esperando pela bondade de alguém? Já perdi as contas de quanto economizei nos últimos 2 anos pedindo carona. Com certeza foi pelo menos uns mil dólares (uns 3 mil reais).

Pedi muitas caronas na Europa, algumas totalmente no 0800 (adoro essa expressão!). Outras através do site Bla Bla Car, que me ajudou a economizar até 3 vezes mais do que passagens de trem e ônibus. Na Nova Zelândia, viajei praticamente a ilha norte toda de carona, de Wellington até Auckland (700km aproximadamente).

Na Austrália foi onde bati meu Record de viajar barato pedindo carona. Foram 1.700km pela costa leste, mais ou menos a mesma distância do Rio de Janeiro até Salvador. Para mim é assim, é para viajar barato é para viajar barato!

Será que você tem a mesma disposição para viajar mais dessa forma? Dá uma olhada neste post que eu fiz sobre dicas na hora de pedir carona!

Viajar mais pensando fora da caixa!

Ai, mas pacote para o nordeste é muito caro.. Ai, mas eu não falo inglês… Ai bla bla bla…

Não fala inglês? APRENDE!

Acha pacote de viagem muito caro? Planeje sua viagem VOCÊ MESMO, as agências não fazem nada que você não possa fazer sozinho!

As pessoas acomodadas têm uma grande tendência a só arrumaram desculpas para não saírem do lugar. Conheço um monte de gente que só sabe reclamar da vida que tem, mas também não faz nada para mudar.

Se você quer viajar mais e está com a grana curta, vá se informar, leia, participe de grupo de mochileiros e veja o que o pessoal está fazendo. As coisas não vão mudar se você não se mexer.

Viajar mais comendo sem luxo!

Outro gasto significativo numa viagem é a alimentação. Dependendo da cidade, até um Kebab no indiano é caro. É aquela coisa: todo mundo vê as viagens que eu faço, mas não vê os miojo que eu como. Uma das minhas formas de se viajar barato é economizando na comida.

Se o país que estou é muito caro, costumo almoçar fora alguma coisa típica e as outras 2 refeições eu vou me virando, cozinho no hostel, compro frutas, bolachas e miojo no supermercado e por aí vai.

Por isso amo o sudeste asiático, nada como saber que está pagando 2 USD por um prato de comida! Uma vez no Vietnã, eu fui fazer a phyna (só dá pra se fazer de fina por lá mesmo) e comi um camarão com água de coco num restaurante à beira da praia, meio chiquezinho até.

Mas acho que meu estômago já estava tão acostumado com comidas de lugares completamente duvidosos que quando fui comer num lugar legal, vomitei tudo… rsrs

Viajar barato para viajar mais

Olha ele aqui…

Enfim, encontre formas de viajar mais gastando menos dinheiro!

Viajar mais dormindo em aeroportos!

Nossa, já perdi as contas de quantas vezes já dormi em aeroportos. Ah, e não era na área VIP não, era nos banquinhos de espera ou até chão mesmo! Tem um site que ADORO, chama Sleeping In Airports, ele é ótimo e te dá todas as dicas dos melhores lugares aonde dormir em cada aeroporto.

Eles também falam se os funcionários enchem o saco e onde tem bebedouros gratuitos e tomadas estratégicas perto da onde você pode dormir.

Uma vez, dormi no aeroporto de Cologne na Alemanha, montei meu “acampamento” no hall de saída (a noite o aeroporto fechava) e várias pessoas estavam dormindo lá fora também. Ai, um pouco antes do aeroporto abrir os seguranças vieram acordando todo mundo de uma forma BEM delicada: batendo nas paredes e nas portas aonde a gente estava apoiando nossas coisas e fazendo a gente acordar com o barulho. Faz parte né… rsrs

Viajar barato não é fácil! Eu tinha 2 opções: gastar uns 50 euros (ida e volta) de transporte até a cidade durante a noite e mais uns 20 euros pela hospedam num quarto compartilhado, ou seja, 70 euros para dar uma dormidinha confortável ou eu poderia também passar a noite no aconchegante chão gratuito do aeroporto. Sempre fico com a opção do 0800!

Ou vocês acham realmente que de todos os 19 países que eu conheço, fiquei hospedada em bons hotéis, comia em bons restaurantes e andava de taxi com ar condicionado? Nope! Com emoção é bem mais legal! 

Gente é isso, a verdade é que não existe segredo! O que existe são técnicas e jeitinhos que a gente vai dando para fazer o dinheiro render! Viajar barato é uma aventura para poucos e nem todo mundo tem pique e disposição para isso. Pra mim funciona e tenho conseguido viajar mais dessa forma.

Fica ligado no BruMundando que estou preparando alguns posts falando de todos os gastos da minha viagem de 1 ano e meio pela Irlanda, França, Itália, Tailândia, Camboja, Vietnã, Nepal, Índia, Austrália, Nova Zelândia e Indonésia.