Como não amar Caraíva?

Caraíva sem dúvida é um cantinho muito especial do Brasil. Um vilarejo de 500 habitantes no extremo sul da Bahia onde a única forma de ter acesso é de barco. O encontro do rio Caraíva com o mar incrivelmente azul do litoral baiano faz de Caraíva um dos destinos mais bonitos da região.

A região não tem carros, nem ruas asfaltas e todos os seus caminhos são de areia. A dificuldade no acesso ajuda a tornar Caraíva algo único e para poucos. O turismo é a primeira fonte de renda da região, mas ainda assim não existe aquele turismo massivo que existe em outras cidades turísticas do litoral baiano.

As casinhas coloridas de Caraíva

Excursões turísticas como CVC e similares não visitam a região, por exemplo, uma pela dificuldade no acesso e outra porque Caraiva não comporta um turismo tão ostensivo quanto o de empresas de grande porte.O vilarejo foi ter luz elétrica por volta de 2010 e o lixo ainda é removido da cidade pelos barquinhos. Caixas eletrônicos? Também não há e não são todos os lugares que aceitam cartão, por isso, leve seu dinheiro em espécie.

Como chegar em Caraíva então?

Provavelmente você vai chegar no sul da Bahia por Porto Seguro, de lá terá que pegar uma balsa para o Arraial d’ Ajuda (outro lugar incrível que falarei em outro post). A partir do Arraial é possível pegar os ônibus para Caraíva.

O ônibus passa na esquina das vans que vão para Trancoso, na praçinha da igreja. Custa R$17,50 e os horários são: 7:00/ 11:00 e 3:00 durante a alta temporada. Durante a baixa o horário das 11:00 é cortado.

São aproximadamente 70km a partir do Arraial, mas a viagem leva 3 horas porque vai parando em alguns lugares e também pela precariedade das estradas. Os ônibus te deixam em Nova Caraíva, nas margens do rio já, aí então é só pegar o barquinho e atravessar o rio. A travessia demora 2 minutos e custa R$5,00 e pronto. Para voltar, os horários são as 6:20/ 11:00 e 16:00.

O que fazer em Caraíva?

Relaxar! Essa é a palavra de ordem do vilarejo. A calmaria do rio, a natureza, o som do mar, a ausência de carros e transito, tudo isso nos traz uma paz sem igual. Por isso, Caraíva é um lugar para ser conhecido com o coração e com a alma, vai muito além de apenas uma praia bonita, só quem foi mesmo para saber…

caraíva sul da bahia

Barquinho para fazer a travessia do rio Caraíva

 

Aldeia dos Pataxós

O povo indígena dos Pataxós se concentram nas redondezas da Barra Velha do Monte Pascoal, para fazer a visita é necessário contratar um buggy porque é um pouco longe.

Praia na Barra

Eu, particularmente, achei essa praia uma das mais bonitas que já vi até agora no sul da Bahia. É a praia onde é possível ver a união do rio com o mar. Outro fenômeno incrível é acompanhar a alta e baixa das marés e conferir os corais que são revelados na maré baixa. A praia da Barra é bem pertinho do desembarque da barra e é um ótimo lugar para descansar e curtir a beleza da natureza.

caraíva sul da bahia

União do rio com o mar

Praia do Satu

A praia do Satu é uma das mais famosas de Caraíva, e é preciso cruzar o rio, próximo a sua união com o mar para ter acesso à ela. O caminho é bem curtinho, 20 metros, mas se a maré estiver alta, vai ter que pagar mais R$ 5,00 para atravessar de barco, se estiver baixa, dá para ir a pé mesmo. Atravessando o rio a partir da praia da Barra, Satu fica mais uns 30 minutos adiante.

Pôr do Sol na Praia da Barra

O pôr do sol por aqui vale muito a pena, o sol se põe atrás do rio e o reflexo dos raios solares nas águas calminhas do Caraíva ganham um encanto diferente.

caraíva sul da bahia

Pôr do sol na Barra

Carnabóia

Eu não vi ainda, mas dizem que o carnaval de Caraíva é muito bom. Os bloquinhos vão festejando pelas ruas de areia e acabam todos de boia no rio. Coisas de Bahia né…

Beco da Lua

A noite de Caraíva na alta temporada é bem agitada. O forró come solto pelos barzinhos da vila. Alguns homens pagam entrada, outros não. Outra opção bem divertida é o Beco da Lua, sempre está rolando algo legal por lá, samba, MPB, reggae e por ai! Além de ser um ambiente lindo com as casinhas coloridas de fundo é de frente para o rio 🙂

sul da bahia caraíva

Beco da Lua

Quadrado de Caraíva

Assim como Trancoso, Caraíva também tem seu Quadrado. Pedaço da cidade onde fica a igrejinha e algumas lojinhas ao redor.

Mas viajar em Caraíva tem um ponto negativo: o preço!

Mochilar em Caraíva é meio difícil, tudo é muito caro. Desde a água até a acomodação. Existem alguns lugares mais baratos para se comer, por exemplo, achei um lugar que vendia marmitex a partir de R$15,00 reais e acarajé de barraquinha de rua por R$15,00 também. Fora a isso, se prepare para desembolsar uns R$50,00 reais, no mínimo, por refeição.

 

Em breve mais posts de todas as maravilhas que estou conhecendo no sul da Bahia 🙂