5 regras na hora de pedir carona na estrada

A primeira vez a gente nunca esquece e foi na Irlanda que comecei a pedir carona nas estradas. Ótimo jeito de conhecer pessoas, pegar dicas, fazer amigos e ainda por cima economizar algum. Confesso que no começo tive um pouco de medo e receio, brasileiro cresce aprendendo a ser desconfiado com tudo e com todos e até acho bom, o seguro morreu de velho! Mas pedir carona era super tranquilo por lá, quase todos do hostel onde trabalhei pediam carona para ir passear nas cidades vizinhas sem problema nenhum.

Voltei a pedir carona na Nova Zelândia e Austrália e aqui vai o top 5 do mais importante que você precisa saber a partir do que aprendi até agora:

  1. Mantenha o espírito esportivo e bom humor:

Você está ali pedindo carona porque VOCÊ quer e as pessoas não são obrigadas a te ajudarem.

  1. Siga em frente, não interessa quantos quilômetros:

Se sua carona te deixar na cidade onde você quer ou apenas 5km à frente da onde você está, tudo bem, o importante é seguir em frente!

  1. Esteja preparado para fome, frio e chuva:

Parece meio drástico, mas é verdade, tenha sempre o que comer com você, água, roupa para o frio e se puder até uma capa de chuva. Não se esqueça que você estará no meio da estrada, não terá onde comprar comida ou lugar para se abrigar se começar a chover, claro que todo mundo pode passar por tudo isso numa boa, ninguém morre por algumas horas com fome ou por uma chuva, mas já que você leu até aqui é porque quer saber o que deveria fazer, certo? 😛

  1. Ter uma placa com o nome da cidade para onde está indo, certo ou errado? Eis a questão…

Algumas pessoas acham que ter a placa com o nome da onde vai ajuda, a pessoa não vai parar se não souber para onde você vai, outros dizem que se o motorista ler e não estiver indo para o mesmo lugar ele não vai parar, por isso usar só o “joinha” do seu dedão na hora de pedir. Eu aconselho ir tentando das 2 formas! Relaxa que uma hora alguém para, paciência é uma virtude.

  1. Localização na estrada:

Acho esse o aspecto mais importante! Fique em algum lugar onde o motorista tenha tempo de te ver, pensar e parar, o final de uma rotatória ou um retorno são boas opções, nunca fique onde os carros passam em alta velocidade, será perigoso e impossível de sair dali.

O máximo de tempo que esperei por uma carona sozinha foi 20 minutos e das vezes que estava acompanhada chegou a demorar 1h30.

Tentar carona sozinha na estrada é mais fácil, mas por outro lado você fica mais vulnerável, eu experimentei das 2 formas e deu tudo certo. Cruzei com pessoas muito boas pelo meu caminho que pararam o carro e me levaram apenas 5km mais a frente só para eu não ficar no frio ou na chuva.  Pessoas com os cachorros no carro também me ajudaram e até um padre me deu carona (essa foi muito engraçada), enfim, além de ser uma forma sustentável de se viajar ainda ficam as histórias de lembrança!

0 comentários sobre “5 regras na hora de pedir carona na estrada

  1. Pingback: Como viajar mais sendo pobre? | BruMundando