12 motivos para se apaixonar pela ilha do filme Comer, Rezar e Amar

As Gilis Islands são 3 ilhotas no oceano pacífico entre Bali e Lombok na Indonésia, destino paradisíaco que ganhou mais fama após o livro/filme Comer, Rezar e Amar. As ilhas são Gili Trawangan (também conhecida como Gili T), Gili Air e Gili Meno. A Meno é a menor das 3, menos habitada, muito mais tranquila e na minha humilde opinião, a mais linda!

Óbvio que as outras 2 (T e Air) são sensacionais, água cristalina, paradisíacas e famosas pelas noitadas e bebedeira. Já a Meno é famosa pela tranquilidade e pela pouca população, cerca de 400 pessoas moram na ilha. Aí vai do gosto de cada um, tem gente que prefere o agito, eu prefiro ter a experiência única de viver a calmaria de uma ilha “deserta” no meio do pacífico.

Bem, porque me apaixonei de cara pela Gili Meno?

1. Eu não sei parar de te olhar… eu não me canso de olhar … dscn0676

2. A ilha é relativamente pequena e é possível caminhar ao redor de toda sua extensão facilmente.

sorriso tímido e encantador

Encontrei uma escola bem simples no meio da ilha e essas meninas estavam pulando o muro rsrs

3. Não existe carros! Nem motos! Nem Tuk Tuks!

O transporte aqui são as pernas, bicicleta ou no máximo carroça. Trânsito e buzinas zero.

#nomoto #notaxi #nocarro

Quando tem transporte é assim! Essas carroças estavam estacionadas no “porto” quando a ilha recebeu suprimentos. Olha esse mar no fundo!!!!!!

4. Santuário das Tartarugas.

Uma bela atitude do povo local para salvar as tartarugas da região que sofrerem diariamente ameaças de predadores locais e consumo humano. As tartarugas nascem no santuário e quando completam 8 meses são devolvidas ao mar, a última cerimônia de libertação das tartarugas foi em 17 de agosto.

5. As grandes embarcações de Bali e Lombok não vão para a Meno.

Se você quiser conhecer a Meno, tem que descer na Gili T ou Air e pegar um barco público, tornando-a ainda mais inacessível e exclusiva.

Gili Air Indonésia

Porto em Gili Air

6. Explorar o centro da ilha, se perder pelos seus coqueiros e se guiar pelo som das ondas! Ahhh Meno, como um lugar pode ser tão perfeito??

dscn0622

7. Na Meno dá para fazer snorkelling por conta própria!

Só alugar uma máscara (USD2 pelo dia todo) e literalmente se jogar, muitos lugares da ilha são possíveis de fazer ainda estando no “raso” e dá para ver muiiiiiiiiiita coisa, muitos peixes diferentes, tartarugas (se você for um pouquinho mais fundo) , corais e algas, é lindo.

snorkelling Gili Meno

Nadando com os peixes

8.Não existe aquele povo chato querendo te vender de tudo o tempo todo.

Já me acostumei, mas se dá para ir para um lugar que não é assim, melhor né?!

dscn0588

Comércio local na Gili T

9. O turismo é o principal motor da ilha, mas em proporções menores que a T e a Air.

O que torna as coisas um pouco mais naturais e genuínas, odeio me sentir a turistóide quando estou viajando, e na Meno não sinto isso.

dscn0634

Andando pelo centro da ilha encontrei essa vaca no meio do nada!

10. Estrelas e estrelas e mais estrelas.

Durante o dia o mar é o poderoso por aqui e à noite o encanto é do céu!

11. Não existe rua principal…

Eu diria que o centro da ilha é onde fica o quiosque para se comprar as passagens de barco, também não existe um porto, os barcos se aproximam da ilha próximo a esse quiosque e você sai do barco com a água na canela, já a Gili T e Air tem um porto de embarque e desembarque. Existem muitos restaurantes espalhados pela costa da Meno e pelo centro da ilha, mas em menores proporções que suas vizinhas.

img_9130

Jantar por USD 3,00 – Arroz frito com vegetais, ovo, salada e esses “salgadinhos” + suco de abacaxi e tudo em frente a praia…

12. O lugar mais calmo e mais silencioso onde já estive!

Aqui é possível deitar na praia e ficar horas e horas só ouvindo o som das ondas e dependendo de onde ficar, não se encontra nem pessoas. Você e o mar, quer mais o quê?

Vim para as Gilis para passar 2 dias na Meno e talvez mais 2 na Air, meu barco parou na Air e na T onde peguei o barco público para a Meno. Poucas horas na T e na Air e percebi qual era o clima de ambas. Desembarquei na Meno com meus pés diretamente na água, andei por 5 minutos até meu hostel e foi amor à primeira vista! A Meno conquistou meus olhos e meu coração, acabei passando meus 4 dias por aqui, curtindo esse cantinho tão único e especial no mundo.

Apaixonada pela Meno

Que lugar difícil!!!!

0 comentários sobre “12 motivos para se apaixonar pela ilha do filme Comer, Rezar e Amar

  1. Pingback: Quanto custa visitar as Ilhas Gilis na Indonésia? – BruMundando

  2. Pingback: Kuta ou Ubud? Onde ficar em Bali? –